Recuperação Motora da Escrita

Nas minhas pesquisas para descobrir e entender mais sobre distonia de tarefa específica descobri esta dissertação de mestrado (2009) sobre a doença/deficiência cãimbra do escrivão. E este foi o primeiro trabalho em português que li sobre o tema que o aborda  de uma forma competente e acadêmica.

VEJA O RESUMO

Waissman, Flavia Quadros Boisson. Programa de Recuperação Motora da Escrita na Câimbra do Escrivão. A câimbra do escrivão é uma distonia focal do tipo tarefa-específica que compromete a escrita. O tratamento medicamentoso, assim como aplicação de toxina botulínica, tem apresentado resultados limitados. Recentemente, a utilização de órteses para imobilização dos músculos mais comprometidos pela distonia tem se mostrado uma alternativa com resultados mais duradouros, pois se acredita que uma das causas seja um distúrbio da integração sensitivo-motora.

OBJETIVOS: Modificar o mecanismo da escrita alterado pela câimbra do escrivão através de um programa de reabilitação motora, utilizando a consciência corporal e emprego de órteses nos músculos comprometidos da mão pela distonia.
METODOLOGIA: Participaram do estudo doze indivíduos com diagnóstico distonia focal da mão, sendo sete homens e cinco mulheres com idade média de 52,17 ± 16,07 anos e tempo de comprometimento de 10,83 ± 10,33, sendo onze destros. A amostra obedeceu aos critérios de inclusão e exclusão e foi iniciado o estudo após aprovação do Comitê de Ética e assinatura do Termo de Consentimento Esclarecido. Após confirmado o diagnóstico por um especialista em distúrbios do movimento, foram realizadas a anamnese e a avaliação motora da escrita, utilizando-se a Escala de Burke-Fahn-Marsden (BFM), Protocolo de Jedynak e Escala Analógica de Dor, que foram reaplicadas ao final do programa. O programa teve duração de oito semanas, dividido em duas fases de quatro semanas: Conscientização Motora Corporal e Treinamento Motor com Imobilização.
RESULTADOS: Ocorreram diferenças estatisticamente significativas para p < 0,05 para todas as variáveis estudadas ao se compararem os dados obtidos nas avaliações pré e pós-programa, utilizando-se o teste de Wilcoxon. Observou-se melhora significativa da dor em punho, antebraço e braço e redução das posturas compensatórias ocorridas durante a escrita.
CONCLUSÃO: Este programa de reabilitação motora, através da conscientização corporal e imobilização por órteses, mostrou-se eficaz em relação a dor, qualidade e legibilidade da letra durante a escrita.

Palavras-chave: câimbra do escrivão; imobilização muscular; distúrbio da escrita; distonia focal da mão.

3 pensamentos sobre “Recuperação Motora da Escrita

  1. Pingback: Writing Orthotic Device for Writer’s Cramp | HOMENS DE BEM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s