Por que aceitamos que alguém nos trate mal?

 

 

Como é interessante que nas relações interpessoais tanto na familia quanto no trabalho existem mais pessoas perversas que gostam de fazer o mal e prejudicar o outro de alguma forma do que pessoas saudáveis que transmitem uma energia do bem. Os pequenos atos perversos do cotidiano são um desafio para ser percebidos e anulados por todos nós que buscamos o bem. Como é chato e prejudicial conviver com pessoas invejosas, pobres de espíritos e negativas! Fico impressionado com a insanidade mental das pessoas de hoje em dia. É mais comum ser egoísta, individualista, torcer para que o outro não tenha sucesso do que chegar junto e dar as mãos. De tanto vermos isto, acabamos fazendo da mesma forma!!! Acho que a verdadeira patologia do homem moderno é exatamente a perversão que mascara a inveja, o egoísmo, o desrespeito e o lado sombrio. Pois é… e o que falar das formas mais sutis e subliminares de assédio moral no nosso cotidiano?

No tocante a este assunto, achei um texto muito bacana no boletim “SOMOS TODOS UM”:Por que aceitamos que alguém nos trate mal?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s