A vida com Distonia

A vida com Distonia,  foi o tema de uma conversa que a Drª Marie-Helene Marion, uma neurologista francesa especializada em distúrbios do movimento, teve com um grupo de apoio para pessoas com distonia em Londres conforme ela descreveu no seu Blog, há cerca de cinco meses atrás. 

De acordo com ela,  a distonia é  ou torna-se  uma fonte de incapacidade; uma fonte de sofrimento considerando que o  diagnóstico da doença,  muitas vezes,  é tardio; uma fonte de ansiedade e uma fonte de desespero. 

Por isso que segundo ela, o paciente deve se tornar ator do seu tratamento, deve estar bem informado da doença, ter conhecimento de todo o processo de adoecimento e possíveis tratamentos e cada caso deve ser tratado de forma única

A neurologista busca com as informações disponíveis no seu SITE e no Blog  contribuir para um aumento da consciência  e, portanto, um diagnóstico precoce e tratamento para doenças como parkinson e distonias. 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s