Heroes with Writer’s Cramp

homem- aranha-desenho-spider -man (2)

After reading some blog posts written by  dystonia bloggers fellows, I was thinking the following: all of us who have this disease called dystonia and seek to live normally are, indeed, great heroes and heroines.

Yes, because suffering is great when we live with a corporal limitation or disability and we attempt with many efforts  to overcome the difficulties and  living well with writer’s cramp or any other type of dystonia.

We are heroes because we are not only living with a disease, but also with a physical disability.

We are heroes because we live in  hope of better days, we live in search of healing and try to live well with Writer’s Cramp.

We are all heroes and heroines of resistance because I think we are more resilient,  we did not give up , do not  indulge the disease, and seek to live well with Dystonia.

I think we are heroes because they look for ways to adapt to the world …

When I say “us”, I mean all of us who are dystonia activists bloggers, the sufferers, readers and professionals  who seek awareness, advocacy and therapeutic support for persons as me that is living with writer’s cramp. Anyway, all of us who seek to share our experiences with dystonia for the sole purpose of improving our lives.

We are the true Superheroes and heroines because we write about our health condition: we are brave and we are not ashamed.

Spider-Man was one of my favorite comics superhero when I was a kid. I was imagining the other day if SpiderMan had  Writer’s Cramp how it would be funny when he needed to use his hands to  throw his webs.

I think the Spiderman with writer’s cramp would be a clumsy and jumbled hero  as I am when I try to write a word.

I think we are the real heroes because we seek not fight an enemy: the disease. But we try to learn to live well with it.

"Broken Heroes" Exhibition

Heróis com Câimbra do Escritor
Depois de ler alguns artigos de blogs escritos por colegas Blogueiros da Distonia, eu fiquei pensando o seguinte: todos nós que temos esta doença chamada distonia e buscamos viver normalmente somos, na verdade, grandes heróis e heroínas.
Sim, porque o sofrimento é grande quando você vive com uma limitação corporal e tenta com muitos esforços superar as dificuldades e viver bem com a Câimbra do Escritor ou qualquer outro tipo de distonia.
Nós somos heróis porque nós não estamos vivendo somente  com uma doença, mas com uma deficiência  física também.
Nós somos  heróis porque vivemos na esperança de dias melhores, vivemos em busca da cura e procuramos viver bem com  Câimbra do Escritor.
Todos nós somos heróis e heroínas da resistência porque eu penso que somos mais resilientes, não nos entregamos facilmente a doença e procuramos viver bem com distonia.
Eu penso que somos heróis porque procuramos formas de se adaptar ao mundo…
Quando eu digo “todos nós”, eu me refiro a todos nós que somos Blogueiros Ativistas da Distonia, aos pacientes  leitores,  profissionais da área e simpatizantes que buscam  a conscientização, a advocacia e o suporte terapêutico para as pessoas como eu que vive com Câimbra do Escritor. Enfim, todos nós que procuramos compartilhar nossas experiencias com distonia com o único propósito de melhorar nossa vida.
Nós somos os verdadeiros heróis e heroínas porque  escrevemos sobre nossa condição de saúde: somos corajosos e não temos vergonha.
Quando eu era criança, um dos meus super heróis favoritos de quadrinhos era o Homem Aranha. Eu estava imaginando outro dia se o Homem Aranha tivesse Câimbra do Escritor como seria engraçado quando ele precisasse usar suas mãos para acionar as teias.
Eu penso que o homem aranha com câimbra do escritor seria um heroi atrapalhado, assim como eu sou quando tento escrever uma palavra.
Eu penso que somos os verdadeiros heróis porque buscamos não lutar contra um inimigo: a doença. Mas nós procuramos aprender a conviver bem com ela.

4 pensamentos sobre “Heroes with Writer’s Cramp

  1. I absolutely love this post, it says it all. How we fight against the thing that fights us, that we take it in as an enemy and aim to never let our Dystonia enemy beat us!
    Yes, I agree as much as it hurts and stops our lives in some ways. We fight, we grow stronger, and we WIN!
    Andrea x

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s