Mãos Pequenas!

A primeira vez que escutei a música “Hands” de Jewel Kilcher foi  há um mês atrás quando li um artigo de Nicole Oliver. Nicole é uma amiga blogueira da distonia e, neste artigo, ela faz uma reflexão sobre esta canção de Jewel que se encontra no seu segundo álbum chamado Spirit (1998).

Eu gostaria de destacar o seguinte trecho da música:

Vamos lutar, não pela maldade.

Mas, para alguém  defender o que é certo

Porque onde há um homem que não tem voz

Nós cantaremos…

Minhas mãos são pequenas, eu sei …

Mas elas não são suas, elas são minhas.

Eu nunca serei  submissa.

No final, só a bondade importa!

Eu acho que estamos precisando de pessoas boas neste nosso mundo; pessoas que façam o bem!  “Quase em extinção estão as mãos honestas e amorosas” canta o músico Zeca Pagodinho na canção “Mãos” de Almir Guineto  e Carlos Senna…

Nós estamos precisando também de pessoas que não sejam submissas; de mãos que buscam, que constroem. Mãos que não se escondem… Mãos que apesar da fragilidade causada pela distonia não precisam ser dóceis e domáveis. Não precisam aceitar tudo!

Precisamos lutar por tudo isto, conscientizar a todos acerca dos valores do bem, mesmo sendo pequenos e inexpressivos, tendo mãos pequenas e com pouco alcance… mesmo com mãos deformadas e incapacitadas pela distonia!  Façamos a diferença!

Um pensamento sobre “Mãos Pequenas!

  1. Lindas palavras e linda a letra dessa música, meu amigo! Concordo em tudo que você disse! Precisamos de mãos de ternura, mãos bondosas, mãos corajosas… Que lutem por causas nobres e segure a mão do próximo que precisa de apoio. Hoje o mundo está uma bagunça, de cabeça para baixo, onde rir de pessoas com limitações é mais importante do que dá a sua mão para escrever por ela. É triste, mas não é o fim da bondade humana. Agradeço a Deus por pessoas como você, com iniciativa, coragem e força. Temos de unir nossas mãos, essas mãos com Distonia, mas mãos com a amor e coragem. Não podemos esperar um momento certo, um dia, um mais tarde ou esperar por uma mão sem limitações. Temos que agir! Erguer as mangas, levantar a cabeça, segurar um na mão do outro e seguir para luta do dia-a-dia. São tantas, tantas pessoas que tentam nos derrubar, nos colocar para baixo e nos fazer desistir. Não! Não podemos deixar isso acontecer! Podem falar o que quiserem, tentar tirar a força das nossas “frágeis” mãos e tirar até tirar nossos direitos. Não podemos desistir! Nunca! Não deixo de ter fé na bondade -apesar de tudo, acredito que existe homens de corações bons e que estão dispostos a segurar a mão do irmão se for preciso. “No final, só a bondade importa!”

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s